Como escolher o tubo de aço perfeito

-

Todas as construções, grandes ou pequenas, possuem um ponto em comum. Vão precisar de tubos de aço para que sejam concluídas. Saber escolher o material mais adequado é essencial não apenas para dar funcionalidade ao prédio, seja ele residencial ou comercial, assegurar a segurança e evitar desperdício de material e de dinheiro. Alguns deles são específicos e de uso restrito. Outros têm presença obrigatória em praticamente todos os canteiros de obras.
Andaimes
Os andaimes estão entre os tubos de aço mais comuns nas construções. Eles são necessários para que os pedreiros e pintores alcancem, com segurança, os pontos mais altos dos prédios.
Sua confecção é feita, geralmente, com tubos de aço redondos que vão se encaixando formando uma espécie de prédio paralelo que é escalado pelos profissionais para a realização do trabalho. Como não recebem muito peso, os tubos de aço redondos não precisam ser fabricados com grande quantidade de carbono.
A quantidade de carbono no tubo é que indica sua resistência. Tubos com concentração de carbono maior ou igual a 60% são considerados de alta resistência e podem ser utilizados para suportar muito peso.
Fundações
Já para as fundações é essencial que os tubos de aço tenham alta concentração de carbono. Afinal, são eles que irão garantir a segurança física do imóvel.
Geralmente para essa finalidade o proprietário precisa comprar os chamados tubos metalon. Eles diferem dos demais tubos por causa de seu formato. São quadrados ou retangulares para que possam se encaixar aos outros materiais necessários para sustentação.
Transporte e proteção
Para o transporte de líquidos ou gases e a proteção de fiação podem ser utilizados tanto tubos redondos quanto metalon, de acordo com o projeto do imóvel, mas sem grande presença de carbono.
Espaços livres
Para construção de áreas de lazer ou garagens cobertas, é feita uma mistura entre tubos redondos e metalon. Como nesses casos geralmente o teto é leve, não há necessidade de grande concentração de carbono no material utilizado.
Detritos industriais
Em construções direcionadas às indústrias, eventualmente há necessidade de tubos para condução de substâncias químicas ou mesmo para o escoamento de detritos industriais.

Nesse caso, são utilizados tubos redondos. Mas para descobrir qual é o mais adequado é preciso utilizar o chamado Coeficiente de Reynolds. Trata-se de uma fórmula inventada pelo físico irlandês George Gabriel Stokes que ganhou esse nome por ter sido popularizada pelo seu compatriota Osborne Reynolds. Levando em consideração a velocidade do fluído a ser transportado, sua massa e viscosidade é definido o diâmetro correto do tubo a ser utilizado.

A possibilidade de uso dos tubos de aço, todavia, é muito mais ampla que os casos citados. Além de poderem ser encontrados em máquinas, peças de automóveis, brinquedos e tantas outras formas, atualmente o equipamento serve também como peça de decoração em muitas estruturas.