Bicromatização: o que é, tipos, galvanização e zincagem [G
  • Avenida Amadeu Poli, 60 - Parque Novo Mundo - São Paulo - SP
  • vendas@tubonasa.com.br

Notícias / Bicromatização: o que é, tipos, galvanização e zincagem [Guia]

tratamento de tubulação de bicromatização

Para que seja conferida uma camada de zinco sobre a peça de aço ou de ferro, é feito o processo de bicromatização, responsável por oferecer maior durabilidade ao item.

Esse tratamento é fundamental para livrar o tubo de aço da incidência da corrosão, garantindo eficiência da peça e evitando manutenções futuras.

Assim como acontece com a aplicação do processo para tornar o aço galvanizado, um aço bicromatizado tem muito menos desgaste a longo prazo, sendo um procedimento padrão adotado por muitas fabricantes.

No entanto, qual a diferença entre um processo químico e outro? E qual deles é a melhor opção para tubos de aço carbono e suas finalidades?

A equipe de especialistas da Tubonasa, sua melhor opção na escolha de tubos de aço carbono, preparou um guia completo sobre esse tema!

Acompanhe abaixo nosso artigo para tirar todas as suas dúvidas sobre o processo de bicromatização e demais questões relacionadas.

Boa leitura!

O que é bicromatização?

A bicromatização é um processo de natureza eletroquímica, onde é aplicada em determinada peça uma camada feita de zinco, seguida por outra composta de cromo.

Assim, é formado, em um item de ferro ou de aço, um revestimento, de espessura superficial, com uma camada menos densa ficando em maior contato com o ambiente externo.

Nesse tratamento dado aos tubos de aço, a camada de cromo, obrigatoriamente, deve ser menos porosa do que a de zinco — pois é isso que confere a resistência da peça às intempéries do tempo.

O que é a bicromatização dos tubos de aço carbono?

Quando esse processo eletroquímico é aplicado em tubos de aço, toda a superfície externa do item deve ser revestida pela camada composta por zinco e cromo, onde esse último elemento deve apresentar menor densidade.

Apenas assim, no tratamento de um aço bicromatizado, é possível que o tubo fique resistente ao desgaste com o passar do tempo, além de evitar a corrosão.

Ainda, um aço bicromatizado também se torna um condutor elétrico após ser submetido ao processo, o que é uma grande vantagem para tubulações que serão destinadas a circuitos elétricos e demandas afins, como:

  • - circuitos industriais;

  • - redes de transmissão de energia;

  • - subestações internas de energia elétrica.


    Qual a diferença entre zincagem e bicromatização?

    Vamos falar ainda neste artigo acerca dos diversos tipos de aço bicromatizado que podemos encontrar no mercado atualmente; antes, no entanto, é preciso solucionar uma dúvida comum ao tema, que é a diferença entre esse processo e a zincagem.

    A verdade é que a bicromatização é um processo considerado parte da zincagem, uma vez que esse elemento químico faz parte do tratamento dado ao aço ou ferro.

    A zincagem tem mais de uma variação, e um aço bicromatizado é o que pode ser amarelo ou branco.

    Vamos entender melhor sobre isso nos tópicos abaixo? Continue acompanhando a leitura.


    Como bicromatizar peças?



    O primeiro passo para iniciar esse tratamento é banhar a peça em uma camada de zinco, que pode ser de duas formas:

    • - banho rotativo, ideal para peças pequenas;

    • - banho parado, mais indicado para peças consideradas frágeis, além das grandes.

    O segundo passo, após a camada de zinco ser aplicada, é o início da passivação, onde um banho para bicromatizar o item é iniciado.

    Nesse banho, são aplicados aditivos para proteger a peça, intensificando as propriedades anti corrosão do zinco.

    Além disso, essa camada possui uma tonalidade específica.

    Tipos de bicromatização: como fazer a bicromatização amarela?

    Dentro os tipos de aço bicromatizado, existem os que passaram pela bicromatização em alumínio e a amarela.

    Nessa última, a peça em questão recebe um banho com níquel, seguido por um banho de zinco; após essa etapa, é submetida à eletrólise, provocando uma natural reação química.

    É assim que o tubo de aço que recebe esse tratamento fica amarelo.


    O que é o processo de galvanização? Quais são as vantagens?


    Assim como acontece com um aço bicromatizado, também é possível submeter a peça a outro revestimento que evita a corrosão: a galvanização.

    Nessa ação química, o item de aço interage com o zinco, e recebe uma camada que evita o seu contato com o ambiente externo.

    A principal vantagem da galvanização é oferecer maior durabilidade e resistência à peça, que pode perdurar por várias gerações!

    O que é melhor, zincado ou galvanizado? Qual dura mais?

    Entre os tipos de processos que oferecem maior resistência a uma peça de aço, a galvanização oferece maior durabilidade ao item, sendo a melhor opção.

    Um aço galvanizado ainda é mais resistente, podendo ser aplicado nos mais diversos tipos de projetos sem preocupações futuras com manutenções.

    Principais tipos de galvanização

    Atualmente, a indústria de fabricação de tubos de aço trabalha com mais de um método de galvanização, que pode variar conforme a finalidade da peça que está sendo fabricada.

    Apesar de ambos levarem a um tubo galvanizado, no fim das contas, as etapas do processo, bem como os elementos químicos envolvidos, costumam variar.

    A galvanização pode ser:

    Mesmo com um direcionamento diferente em suas etapas, todos os processos de galvanização são realizados com o objetivo de garantir à peça maior durabilidade e resistência à corrosão, para maior eficiência nos projetos.

    Procurando por tubos de aço de qualidade e com preço justo? Tubonasa é a sua especialista na distribuição de tubos de aço para os mais variados projetos. Clique aqui para conferir nosso catálogo!


    Conclusão

    E então, tudo certo sobre o que é bicromatização e a sua principal finalidade?

    Com esse processo, é possível adquirir tubos de aço ou de ferro com muito mais resistência e qualidade, protegidos contra as intempéries do tempo e do clima, e que vão ser muito mais eficientes em projetos da indústria, da construção civil, e demais áreas.

    Ainda, você pôde conferir a diferença entre um aço bicromatizado e um aço galvanizado, e comparar qual dos processos químicos oferece um melhor resultado para a aplicação do tubo de aço, conforme a sua incorporação em uma demanda.

    Se esse conteúdo ajudou você, não deixe de compartilhar com outras pessoas que possam se interessar!

    Para mais dicas e informações, acesse aqui o blog completo da Tubonasa e esteja sempre atualizado com nossos artigos.


    VEJA TAMBÉM!

    Tubos de Metalon

    Tubos de Metalon

    Confira uma matéria sobre os tubos de metalon, publicada em um portal...

    Como é feito o tubo galvanizado?

    Como é feito o tubo galvanizado?

    Os tubos galvanizados são tubos de aço que recebem uma cobertura extra...

    Tubos de aço retangulares: aplicações

    Tubos de aço retangulares: aplicações

    Estruturas mais resistentes e dinâmicas, geralmente vistas em galpões ou grandes construções,...

    Tubo DIN 2440: entenda suas funcionalidades

    Tubo DIN 2440: entenda suas funcionalidades

    De forma resumida, podemos entender o Tubo DIN 2440 como um tubo...

    FALE CONOSCO!