Cores de tubulação industrial: conheça a norma e os seus sig
  • Avenida Amadeu Poli, 60 - Parque Novo Mundo - São Paulo - SP
  • vendas@tubonasa.com.br
Segunda a Quinta das 8h às 18h
Sexta das 8h às 17h - (11) 2954-0299

Notícias / Cores de tubulação industrial: conheça a norma e os seus significados

Cores de tubulação industrial: conheça a norma e os seus significados

Se você faz parte da indústria, provavelmente já reparou nas diferentes cores de tubulação industrial, certo? Azul, amarelo, vermelho, marrom… as cores são diversas. 

Mas você sabe a classificação de cada uma delas, bem como a sua importância? Ou sabia que existe uma norma que regulamenta o uso de cada uma dessas cores?

No artigo de hoje, vamos explorar as cores de tubulação industrial, conhecer sua norma regulamentadora e os significados por trás de cada uma dessas cores. 

Tudo pronto? Vamos lá! 

Qual NBR define as cores de segurança para tubulação?

Impulsionada pela necessidade de um sistema padronizado de identificação de tubulações em ambientes industriais complexos, a NBR 6493 - Emprego de cores para identificação de tubulações foi criada em 1994.  

Vale dizer que, normalmente, as normas técnicas como a NBR 6493, são desenvolvidas em resposta às necessidades da indústria, à regulamentação e aos avanços tecnológicos. 

Por isso, cada uma das diretrizes foi criada por comitês técnicos compostos por especialistas da área, que trabalham juntos para estabelecer padrões capazes de promover a segurança e a qualidade de maneiras sistemáticas em seus campos específicos.

Qual o objetivo da norma NBR 6493?

De forma geral,  a NBR 6493 estabelece um sistema de cores para identificar o conteúdo e a finalidade das tubulações em instalações industriais, garantindo a segurança e a compreensão rápida dos operadores e gestores. 

É importante consultar e seguir as diretrizes da NBR 6493 ao implementar a identificação de cores em tubulações em ambientes industriais, a fim de garantir a conformidade com os padrões de segurança e facilitar a comunicação eficaz nos locais de trabalho.

Qual é a função das cores nas tubulações industriais?


As cores de tubulação industrial têm a função de facilitar a identificação dos fluidos que estão sendo transportados, sinalizando riscos e ajudando a prevenir acidentes.

Quais são as cores da tubulação industrial?

Confira a seguir a classificação de cada uma das cores de tubulação industrial e seus significados:

  1. Branco (B 000) - utilizado em tubulações a vapor;

  2. Vermelho (B 291) - tubulação do sistema de combate a incêndio;

  3. Amarelo (C 067) - tubulações que vão receber gases não liquefeitos, como o GLP, por exemplo;

  4. Verde (N 541) - utilizada para identificar as tubulações de água;

  5. Azul (X 17J) - produtos sob pressão, como tubulações de ar comprimido;

  6. Cinza Claro (J 684) - indica tubulação para vácuo;

  7. Cinza Escuro (W 685) - representa os eletrodutos;

  8. Laranja (C 244) - indica tubulações que recebem ácidos;

  9. Marrom (T 260) - indica materiais fragmentados, como minérios, e petróleo bruto nas tubulações;

  10. Preto (Y 999) - combustíveis inflamáveis e de alta viscosidade, como óleo combustível, piche e asfalto;

  11. Creme (F 143) - indicada para produtos intermediários pesados;

  12. Alumínio - cor obrigatória para substâncias inflamáveis e combustíveis de baixa viscosidade, como diesel, gasolina, querosene, lubrificantes e solventes;

  13. Lilás (M 32T) - voltada para álcalis e lixívias (água sanitária).

Leia também: Tubulação de gás: conheça os tipos e características para comparar!

Como funciona o processo de Pintura em Tubulações Industriais?

O processo de pintura em tubulações industriais é dividido em três etapas principais: a preparação da superfície, a aplicação da tinta e a secagem e cura. Confira mais detalhes: 

Preparação da Superfície

A primeira etapa é a mais importante do processo, pois é responsável por garantir a aderência da tinta. 

Por isso, a superfície da tubulação é jateada com abrasivos, como areia ou granalhas de aço. 

Esse processo é importante, pois a superfície deve estar limpa, seca e livre de contaminantes, como óleo, graxa, ferrugem e sujeira. Dessa forma, a aderência à tinta é maior. 

Seleção e aplicação da tinta

Após a preparação, a segunda etapa é a aplicação da tinta na tubulação — que deve sempre ser feita por profissionais especializados, de acordo com as técnicas e materiais apropriados e as normas estabelecidas. 

O método de aplicação depende da superfície da tubulação e também do tipo de tinta a ser utilizada. 

Os tipos de tinta mais comuns para tubulações industriais são:

  • - Tintas epóxi: são resistentes à corrosão, à abrasão e a produtos químicos.

  • - Tintas poliuretanas: são resistentes à abrasão, à abrasão e aos raios UV.

  • - Tintas de vinil: são resistentes à abrasão e aos raios UV.

Secagem e cura

Após a aplicação da tinta, é importante permitir que a tinta seque e cure completamente. A secagem é o processo de evaporação do solvente da tinta, enquanto a cura é o processo de endurecimento da tinta.

O tempo de secagem e cura varia de acordo com o tipo de tinta e as condições do ambiente. Entretanto, geralmente as tintas epóxi e poliuretanas requerem um tempo de secagem e cura mais longo do que as tintas de vinil.

Leia também: Tipos de tubos de aço: aplicações e diferenças [Guia]

Tubonasa: seu fornecedor de tubulações industriais


Procurando o melhor lugar para comprar tubulações industriais em conformidade com a NBR 6493? Bem vindo(a) à Tubonasa!

Todos os tubos de aço distribuídos pela Tubonasa aderem a rigorosos padrões de qualidade, tanto nacionais quanto internacionais. 

Como resultado, oferecemos produtos que garantem segurança, durabilidade e resistência aos nossos clientes!

Faça um orçamento com o nosso time e invista em tubulações industriais de qualidade com a Tubonasa!

Conclusão

Ao longo do artigo de hoje, você viu que as cores de tubulação industrial desempenham um papel fundamental na segurança e eficiência dos ambientes industriais, em conformidade com a NBR 6493. 

O conhecimento e a aplicação corretos da norma garante que os trabalhadores compreendam a natureza das tubulações, minimizando riscos e erros. 

Portanto, através do uso consistente desses padrões de cores, é possível promover ambientes de trabalho mais seguros, melhorar a comunicação e a eficiência operacional e garantir a conformidade com regulamentações de segurança. 

Quer mais dicas e conteúdos como este? Acesse aqui o blog da Tubonasa e fique por dentro das nossas dicas e novidades!


VEJA TAMBÉM!

Como comprar metalon direto da fábrica?

Por que vale a pena comprar tubos direto da fábrica de metalon? [5 Vantagens]

Descubra as vantagens de comprar tubos metalon direto da fábrica, e saiba...

Tipos de tubo de aço em diferentes formatos

Tipos de tubos de aço: aplicações e diferenças [Guia]

Quer saber quais os principais tipos de tubos de aço para fazer...

Tubos De Aço Com Ou Sem Costura: Entenda Diferenças

Tubos De Aço Com Ou Sem Costura: Entenda Diferenças

Tubos de aço são itens essenciais para a indústria – no ramo...

A vez dos tubos de aço estruturais

Tubos estruturais: vantagens, aplicações e normas de qualidade

 Quer saber por que os tubos estruturais podem ser a melhor opção...

FALE CONOSCO!