Tipos de galvanização: conheça os processos e qual o melhor
  • Avenida Amadeu Poli, 60 - Parque Novo Mundo - São Paulo - SP
  • vendas@tubonasa.com.br
Segunda a Quinta das 8h às 18h
Sexta das 8h às 17h - (11) 2954-0299

Notícias / Conheça os tipos de galvanização e qual o melhor para o seu projeto

Conheça os tipos de galvanização e qual o melhor para o seu projeto

Você provavelmente já sabe que galvanizar o aço é um diferencial que garante a proteção da peça em casos de corrosão: mas você já sabia que existem tipos de galvanização?

Esse processo oferece a aplicação de um revestimento protetor, composto de zinco e alguns outros materiais, diretamente na superfície do metal, certificando-se de que a sua durabilidade aumente.

O avanço da tecnologia oferece, atualmente, uma série de possibilidades de execução da galvanização, trazendo mais opções de tratamento de peças de aço.

Isso traz mais versatilidade para esses itens, aumentando as suas aplicações no mercado e integrando-os a projetos diversos!

Mas como funciona, essencialmente, a galvanização? Quais são os tipos de galvanização disponíveis e quais as mais indicadas para cada peça de aço?

Tubonasa, a sua especialista em tubos de aço e metalon, explica tudo sobre esse tema para você!

Preparamos esse guia completo que tira todas suas dúvidas sobre galvanização e sua importância.

Acompanhe até o final e boa leitura!


Quer saber mais sobre a galvanização eletrolítica e como ela funciona? Confira nosso conteúdo dedicado a esse tema.


O que é galvanização?

Antes de falarmos sobre os tipos de galvanização, é importante entendermos melhor do que se trata essa prática.

A galvanização é um processo que envolve a aplicação de uma camada protetora à superfície de um metal, geralmente zinco, para protegê-lo da corrosão. 

Quando falamos de corrosão, nos referimos ao processo natural que ocorre quando metais entram em contato com a umidade, oxigênio e outros agentes ambientais, resultando na deterioração do metal ao longo do tempo. 

Aqui, a galvanização atua por meio de uma barreira física entre o metal base e o ambiente, impedindo a corrosão.

Quais os tipos de galvanização?



Atualmente, o mercado conta com dois tipos diferentes de galvanização, com características bem específicas e que trazem finalidades distintas.

Logo abaixo, vamos detalhar como funciona cada um desses processos; acompanhe.

Galvanização a frio

Também chamada de galvanização por imersão a frio, esse é um dos tipos de processos de galvanização que é feito por meio de spray aerosol ou eletrólise, que é o banho da peça em um tanque com agentes químicos.

Aqui, o zinco é aplicado logo na superfície do metal base em uma solução líquida que não requer nem um tipo de aquecimento — por isso o seu nome!

Vantagens e desvantagens

A galvanização a frio cumpre bem o seu papel de garantir que a peça esteja protegida contra as intempéries do tempo, sendo muito mais resistente à corrosão.

Ela penetra na porosidade da superfície metálica e impede que a ferrugem comece a se espalhar pela peça, mesmo se acontecer de a parte galvanizada ser arranhada ou removida.

Além disso, esse é um dos tipos de galvanização com melhor custo-benefício do mercado!

Aplicação ideal

Usada tanto para demandas industriais, como para empresas no geral e até itens feitos em casa, a galvanização a frio é um processo versátil e que possui diversas aplicações.

Essa é a opção ideal para garantir que pequenas peças, de uso cotidiano, estejam distantes dos problemas ocasionados pela corrosão.

Galvanização por imersão a quente

Quando falamos da galvanização feita a quente, nos referimos a um processo muito bem consolidado no mercado — uma das técnicas mais antigas e eficazes.

Aqui, a peça de aço vai passar por um banho de zinco fundido, aplicado em altíssimas temperaturas: cerca de 450ºC!

Após o banho quente, a peça é resfriada rapidamente, evitando que se forme qualquer tipo de cristalização que comprometa o resultado esperado no processo químico, e oferecendo a melhor durabilidade possível ao item.

Vantagens e desvantagens

Não é por acaso que a galvanização a fogo é um dos processos mais utilizados no mercado: a durabilidade oferecida por esse processo é considerada uma das mais eficientes dessas técnicas químicas.

Ainda, este é um processo relativamente rápido, além de ser compatível com uma série de peças de aço diferentes.

Aplicação ideal

Para peças que serão destinadas a projetos que demandam alta resistência dos itens integrados são as que mais recebem a galvanização a quente.

Como exemplos nesse tipo de galvanização, podemos citar estruturas metálicas, postes, dutos, e mais uma série de aplicações da indústria, da construção civil e do transporte.

Galvanização eletrolítica

Por fim, a galvanização eletrolítica é a que o zinco aplicado à peça de metal é feito por meio de um processo eletroquímico.

Aqui, a peça é mergulhada em uma solução eletrolítica que possui íons de zinco na sua composição que, quando reagem a uma corrente elétrica, são depositados a uma superfície do metal em questão, formando uma camada protetora.

Vantagens e desvantagens

Graças à galvanização eletrolítica, o mercado pode contar com tubos de aço mais resistentes e duráveis e que não demandam manutenção a longo prazo, aumentando a vida útil da peça.

Também, a galvanização na modalidade eletrolítica traz uma melhoria estética à peça que pode ser muito valorizada em alguns projetos.

Aplicação ideal

Graças ao seu acabamento diferenciado, a galvanização eletrolítica é uma das técnicas preferidas de projetos onde a aparência é um fator importante.

Logo, é comum encontrar peças galvanizadas eletroliticamente em demandas da arquitetura, do mobiliário e do design.

Quais os benefícios da galvanização?



Independentemente de qual dos tipos de galvanização você escolherá para a sua peça de aço, é garantido que o item submetido à técnica vai estar protegido contra a corrosão!

Assim, você terá um artigo de aço muito mais durável, que demanda menos manutenção, e que vai se mostrar eficiente no projeto aplicado por muitos anos.

Ainda, são outras importantes vantagens que a galvanização pode oferecer para a sua peça, e que podemos destacar:


  • - ideal para peças de decoração, pois preza uma aparência bonita e elegante;

  • - método prático, pois dispensa o uso de outras técnicas para executar projetos;

  • - peças mais resistentes, duráveis e fortes que dão mais segurança ao ambiente;

  • - maior durabilidade, o que conserva as características originais por muito mais tempo;

  • - uma peça galvanizada é mais forte e resistente, o que exige menos manutenção ao longo dos anos.

Qual o melhor processo de galvanização?

As aplicações variadas dos diversos tipos de galvanização acabam mostrando que não existe uma técnica considerada melhor: cada processo de galvanização tem suas próprias vantagens e desvantagens.

A escolha do método de galvanização depende das necessidades específicas do projeto, do tipo de metal a ser protegido e do ambiente em que será utilizado.


Tubonasa oferece tubos de aço seguros, duráveis e altamente resistentes! Confira aqui nosso catálogo completo.

Conclusão

A galvanização desempenha um papel vital na proteção de metais contra a corrosão, prolongando sua vida útil e mantendo sua integridade estrutural, e os diferentes tipos de galvanização oferecem flexibilidade em termos de aplicação e requisitos de resistência à corrosão. 

Como citamos, a escolha do método de galvanização dependerá das necessidades específicas do projeto e do ambiente em que o metal será utilizado. 

No entanto, independentemente do método escolhido, a galvanização é uma técnica eficaz para garantir a longevidade dos metais em diversas aplicações industriais e cotidianas.

Quer garantir tubos de aço que serão eficientes para o seu projeto? Confira aqui o catálogo completo da Tubonasa!

Para mais dicas e informações, acesse aqui o blog completo da Tubonasa e confira outros conteúdos como este.


VEJA TAMBÉM!

Quais as vantagens da Norma NBR 6591?

Quais as vantagens da Norma NBR 6591?

A fabricação de tubos de aço é um processo extremamente complexo, que...

Caixa Econômica Federal constrói primeira agência em steel framing / tubos de aço

Caixa Econômica Federal constrói primeira agência em steel framing / tubos de aço

A Caixa Econômica Federal (CEF) construiu sua primeira agência com sistema steel...

Qual a chapa ideal para portão?

Qual a chapa ideal para portão?

O portão é considerado uma das partes principais de uma casa. Isso...

tipos de metalon

Tipos de metalon: saiba quais são e suas vantagens

 Quer conhecer quais os principais tipos de metalon e qual o melhor...

FALE CONOSCO!