Tubos para caldeira: tipos, normas e vantagens [Guia completo]
  • Avenida Amadeu Poli, 60 - Parque Novo Mundo - São Paulo - SP
  • vendas@tubonasa.com.br
Segunda a Quinta das 8h às 18h
Sexta das 8h às 17h - (11) 2954-0299

Notícias / Tubos para caldeira: tipos, normas e vantagens [Guia completo]

Tubos para caldeira: tipos, normas e vantagens

Os tubos para caldeira são peças fundamentais em sistemas de geração de vapor e aquecimento. 

Esse item desempenha um papel importante em diversas aplicações industriais, comerciais e até mesmo residenciais. 

Neste guia completo, vamos explorar os diferentes tipos de tubos caldeira e as normas e especificações que regem sua fabricação. 

Além disso, vamos conhecer suas vantagens, dicas de como escolher tubos de qualidade e, finalmente, esclarecer a diferença entre tubos e tubulação. 

Tudo pronto? Vamos lá!

O que é o tubo para caldeira?

Um tubo para caldeira é projetado para resistir a altas temperaturas e pressões, e por isso é bastante aplicado em sistemas que envolvem vapor e aquecimento. 

É comumente utilizado em caldeiras, trocadores de calor, serpentinas de aquecimento, aquecedores, pré-aquecedores, condensadores e outros dispositivos similares.

Sendo assim, a função desses tubos é garantir que o calor seja transferido de maneira eficiente, o que torna os processos industriais seguros e eficazes. 

Tipos de tubos para caldeira

Seja com costura ou sem costura, os tubos para caldeira podem também ser classificados de acordo com o seu material. Vejamos:

  • Aço carbono: tipos mais comuns, usados em uma variedade de aplicações, incluindo caldeiras de água quente e caldeiras de vapor;

  • Aço inoxidável: são usados em aplicações onde a corrosão é um problema, como caldeiras que operam em ambientes agressivos;

  • Liga: feitos de uma combinação de metais, são usados em aplicações onde são necessárias propriedades especiais — como resistência a altas temperaturas ou a impactos.

Normas e especificações para tubos de caldeira 

Os tubos para caldeira são produzidos a partir de diferentes normas e especificações.

Cada uma delas fornece diretrizes e requisitos para garantir a qualidade, a segurança e o desempenho desses itens. 

As normas têm suas próprias características e critérios específicos, o que permite a escolha do tubo adequado para diferentes necessidades e condições de operação.

Sendo assim, você pode encontrar tubos caldeira das seguintes normas:

  • - ASTM A 178 – Norma americana que especifica critérios para tubos ERW para caldeiras e superaquecedores;

  • - ASTM A 179 – especifica os requisitos para tubos de caldeira sem costura de aço de baixo carbono para serviço de superaquecimento constante;

  • - ASTM A 192 – Especifica requisitos para tubos de aço carbono para caldeira sem costura para serviço em temperatura moderada;

  • - ASTM A 210 – Especifica critérios para tubos sem costura de médio carbono para caldeiras e superaquecedores;

  • - ASTM A 213 – Especifica os requisitos para tubos de caldeira de aço carbono sem costura para aplicações especiais;

  • - ASTM A 214 – Especifica os requisitos para tubos de caldeira de aço carbono sem costura para serviço de alta pressão;

  • - DIN 2458 – Norma alemã que especifica os requisitos para tubos de aço carbono com costura para caldeiras;

  • - DIN 17175 – Especifica requisitos para tubos de aço sem costura para caldeiras e trocadores de calor a alta temperatura.

Saiba mais: Normas para tubos de aço carbono nacionais e internacionais [guia completo]

Como é a fabricação de tubos para caldeira?


Você sabe como são fabricados os tubos de aço para caldeira?

Esse processo é altamente técnico, e envolve várias etapas para garantir qualidade, eficiência e conformidade com as regulamentações — como vimos no tópico anterior. 

Os tubos mais comuns são fabricados em aço carbono preto em barras de 6 metros de comprimento, e estão disponíveis em vários diâmetros. 

Para proteção contra oxidação, os tubos são revestidos com óleo protetor, e as rebarbas internas são removidas.

Vale lembrar que, para garantir o atendimento aos padrões estabelecidos pelas normas, são realizados testes e ensaios nas condições de fornecimento dos tubos. 

Vantagens dos tubos de qualidade para caldeira

Investir em tubos de qualidade para caldeira confere algumas vantagens importantes. Confira as principais a seguir: 

Aumento da eficiência energética

Os tubos de qualidade para caldeira são projetados para minimizar as perdas de calor

Sendo assim, podem ajudar a melhorar a eficiência energética da caldeira, o que pode resultar em economias de custos de combustível.

Redução de custos de manutenção

Os tubos de qualidade para caldeira também são mais duráveis ​​e resistentes à corrosão do que outros tubos. 

Ou seja, eles requerem menos manutenção, o que pode resultar em economias de custos de manutenção.

Maior vida útil da caldeira

Graças à utilização de materiais de alta qualidade e ao uso de processos de fabricação de alta precisão, os tubos de qualidade são projetados para durar por muitos anos.

Além disso, são mais resistentes a falhas, ou seja, são menos propensos a rachaduras, quebras ou até mesmo explosões.

Como escolher tubos de caldeira de boa qualidade?

Ao escolher os tubos da caldeira, observe os seguintes critérios para escolher tubos de boa qualidade e procedência:

  1. Seção Transversal: Se estiver procurando por tubos sem costura, observe se o tubo tem uma seção transversal lisa, sem saliências ou irregularidades. Isso é indicativo de boa qualidade;

  2. Densidade do Tubo: Verifique a densidade do tubo para avaliar a presença de impurezas. Tubos com baixa densidade devem ser evitados, pois podem indicar baixa qualidade;

  3. Marca Registrada: Confira a marca registrada do fabricante. Empresas renomadas sempre estampam sua marca em seus tubos sem costura, o que é um sinal de confiabilidade.

Qual a diferença entre tubos e tubulação?


Muitas pessoas ainda confundem sobre o significado e diferenciação dos termos tubos e tubulação. 

Os tubos são as peças individuais e ocas, compradas uma à uma. Enquanto isso, a tubulação é o sistema completo, formado a partir da junção e conexão desses tubos. 


A Tubonasa comercializa tubos para caldeira fabricados de acordo com especificações de normas técnicas nacionais e internacionais. Conheça a Tubonasa!

Conclusão

Agora você já sabe mais sobre os tubos para caldeira, incluindo suas classificações, fabricação e características gerais.

Nesse artigo você também conheceu algumas das principais vantagens e dicas para escolher tubos de caldeira de alta qualidade. 

E lembre-se: precisou de tubos de aço carbono certificados seguindo as normas nacionais e internacionais? Aqui na Tubonasa você encontra! 

Para mais dicas e informações, não deixe de acessar o blog da Tubonasa!


VEJA TAMBÉM!

Tubos vermelhos de aço para combate de incêndio

Tubo de aço carbono para incêndio: entenda formas de combater um incêndio!

Quer saber quais as principais características de um tubo de aço carbono...

Aço carbono: o que é e para que serve?

Aço carbono: o que é e para que serve?

Quer saber se o aço carbono enferruja e tirar outras dúvidas sobre...

ASTM A 106: Guia completo sobre tubos de aço carbono

ASTM A 106: Guia completo sobre tubos de aço carbono

Saiba tudo o que você precisa saber sobre a ASTM A 106,...

Qual a melhor espessura de metalon?

Qual a melhor espessura de metalon?

O metalon é um material feito de aço carbono. Muito versátil, seguro...

FALE CONOSCO!