Normas de tubos de aço carbono nacionais e internacionais [Gui
  • Avenida Amadeu Poli, 60 - Parque Novo Mundo - São Paulo - SP
  • vendas@tubonasa.com.br
Segunda a Quinta das 8h às 18h
Sexta das 8h às 17h - (11) 2954-0299

Notícias / Normas de tubos de aço carbono nacionais e internacionais [Guia]

Tubos de aço carbono

Os tubos de aço carbono são materiais versáteis e utilizados em estruturas de variados níveis de criticidade. Para garantir a qualidade e segurança desses produtos, existem normas de tubos que estabelecem critérios específicos em sua fabricação. 

No Brasil, as normas de tubos de aço carbono são elaboradas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Essas normas são baseadas em normas internacionais, como as da American Society for Testing and Materials (ASTM) e da Deutsches Institut für Normung (DIN) – Instituto Alemão para Normatização.

Além dos fabricantes, as empresas revendedoras também devem estar atentas para o que é descrito nas normas para assegurar ao seu público consumidor a aquisição de tubos seguindo todos os padrões de qualidade.

Pensando nisso, a Tubonasa preparou esse guia completo sobre as normas de tubos de aço carbono, nacionais e internacionais. 

Acompanhe até o final e boa leitura!

Quais são as normas para tubos de aço?

As normas de tubos de aço são um conjunto de regras que estabelecem os padrões de fabricação, propriedades mecânicas e requisitos de inspeção desses produtos. 

Elas são importantes para garantir a qualidade e segurança dos tubos de aço, que são utilizados em diversas aplicações, como na construção civil, indústria, transporte e infraestrutura.

Conheça a seguir os três principais conjuntos de normas vigentes no Brasil – nacionais e internacionais! 

Normas ASTM

Maior incorporadora de normas do mundo – e em vigor no Brasil – , a ASTM é a sigla para American Society for Testing and Materials. 

Esse órgão, de competência internacional, trabalha desenvolvendo e publicando normas e regras para os mais variados segmentos, desde a fabricação de produtos, até a prestação de serviços.

No caso dos tubos de aço carbono, as regras e critérios estabelecidos pelas normas ASTM têm o papel de garantir a qualidade e segurança desses produtos.

As principais normas da ASTM para tubos de aço carbono são:


  • - ASTM A53: tubos soldados e sem costura destinados a usos como condução de fluidos, e para fins estruturais e mecânicos;


  • - ASTM A106: tubos de aço carbono sem costura para serviços de alta temperatura;


  • - ASTM A500: tubos de aço carbono com ou sem costura, de seção circular, quadrada ou retangular. 

Normas DIN

Outra das diretrizes importantes para a fabricação de tubos é a Deutsches Institut für Normung (DIN), uma organização alemã sem fins lucrativos.

A DIN é referência mundial no assunto, sendo sinônimo de segurança e qualidade na sua avaliação da fabricação de diversos itens industriais.

Por isso, assim como a ASTM, serviu de base para a criação das normas nacionais. 

Na fabricação de tubos de aço, as normas envolvidas são:


  • - DIN 2440: tubos de aço para usos comuns na condução de fluidos não-corrosivos;


  • - DIN 2391: tubos de superfície lisa devido ao processo de trefilação, ideais para projetos que demandam precisão e baixa espessura;


  • - DIN 2393: também são utilizados em situações que demandam precisão, baixa espessura e condições específicas de superfície;


  • - DIN 2394: tubos com costura, de seção circular, com tolerâncias dimensionais restritas;


  • - DIN 2458: fornecidos na seção circular, laminados direto de uma máquina formadora, com costura e rebarba interna removida.

Normas NBR


Em território nacional, também temos a nossa instituição responsável por designar padrões que devem ser seguidos na fabricação de tubos: a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 

As Normas NBR, estabelecidas pela ABNT, são regulamentos técnicos nacionais que orientam a fabricação e garantia de qualidade dos tubos de aço brasileiros. Essas normas são equivalentes às normas internacionais citadas anteriormente, entre outras.

Confira as principais normas NBR para tubos de aço no Brasil: 


  • - NBR 5580: tubos destinados à condução de fluidos não corrosivos; 


  • - NBR 5590: tubos destinados à condução de fluidos não corrosivos com requisitos de pressão;


  • - NBR 6591: tubos soldados ou com costura usados em aplicações industriais, de seção circular, quadrada ou retangular; 


  • - NBR 8261: tubos de aço carbono com solda e formados a frio para fins estruturais.

Por que as normas são importantes?

A principal funcionalidade das normas de tubos de aço carbono é garantir que esses importantes componentes, utilizados na fabricação de maquinários ou, ainda, na construção civil, sejam produzidos seguindo o máximo rigor e qualidade.

É por seguir essas exigências que os fabricantes podem oferecer tubos resistentes, de alta durabilidade e desempenho, e que não comprometam os projetos aos quais eles são inseridos, no futuro.

Para que servem as normas de tubulação industrial? (Internacionais e nacionais)

As normas de tubulação industrial, tanto internacionais quanto nacionais, servem para garantir que os tubos produzidos tenham qualidade, segurança e desempenho adequados em suas aplicações na indústria. 

Elas especificam critérios sobre dimensões, composição do material, resistência e outros fatores técnicos para assegurar que os tubos sejam confiáveis e possam ser usados sem oferecer riscos.

Por que devemos adquirir tubos de aço de acordo com as normas?


Como acontece com qualquer área da fabricação de produtos em nível industrial, as regras servem para determinar a maneira mais segura e adequada de fabricar itens.

No caso dos tubos de aço, seguir as normas técnicas é fundamental para garantir que os produtos fabricados estejam dentro dos padrões de qualidade e segurança definidos.

Assim, são diminuídos radicalmente qualquer risco de falhas e acidentes em suas aplicações, seja em construções, no transporte de fluidos ou em qualquer outro uso. 

Ou seja, é uma forma de proteger os trabalhadores da indústria, a sociedade e também o meio ambiente – a depender do tipo de aplicação. Portanto, seguir as normas é sinônimo de confiabilidade e responsabilidade.

Normas para tubos de aço carbono: ASTM A500, equivalente à NBR 8261

Para os tubos de aço estrutural, a regra internacional que direciona de que forma deve ser desempenhada a fabricação é a ASTM A500: e a brasileira é a NBR 8261.

É ela que determina como devem ser fabricados os tubos com costura e soldados a frio, que podem ser quadrados, redondos ou retangulares.

Esses tubos costumam ser usados para estruturas metálicas no geral.

Normas para tubos de aço carbono: ASTM A106, equivalente à NBR 6321

Ainda nas diretrizes internacionais, a ASTM A106 também traz suas considerações acerca da fabricação de tubos de aço, tendo como equivalente no Brasil a NBR 6321.

Suas especificações são destinadas aos tubos de aço carbono sem costura, usados para serviços de alta temperatura.

São tubos adequados para operações e serviços em refinarias, fábricas de petróleo, e usinas em geral.


Leia mais: ASTM A 106: Guia completo sobre tubos de aço carbono

Qual a diferença das NBR 5580 e NBR 5590?

A NBR 5580 e a NBR 5590 são normas brasileiras que especificam os requisitos para tubos de aço sem costura para condução de fluidos não corrosivos.

A principal diferença entre as duas normas é que os tubos 5580 são soldados sem costura, visando a condução de fluidos não corrosivos, enquanto os tubos 5590, embora também sejam adequados para transportar fluidos não corrosivos, têm especificações adicionais relacionadas à capacidade de suportar pressões mais elevadas.

As normas técnicas são as mesmas para todos os tubos?

Não, as normas técnicas não são as mesmas para todos os tubos. 

Existem diferentes normas para tipos variados de tubos, que refletem as especificidades de cada aplicação, material e método de fabricação. 

Por exemplo, os tubos redondos de condução são criados a partir de normas que delineiam detalhadamente os requisitos para dimensões, composição do material, propriedades mecânicas, tolerâncias, tratamentos e testes para o uso desse tipo de tubo. 

Enquanto isso, as regras que norteiam a produção de tubos quadrados, por exemplo, são diferentes, pois suas aplicações exigem outras características específicas. 

Onde comprar tubos de aço?


Os melhores tubos de aço do mercado podem ser encontrados em revendas de materiais de construção, lojas especializadas em tubos de aço ou diretamente de fabricantes. 

Mas fique atento: é importante comprar tubos de aço de fabricantes e distribuidores que seguem à risca todas as etapas de fabricação em concordância com as normas técnicas vigentes. 

Converse com a Tubonasa e encontre tubos de aço com o melhor preço

Se você está em busca de tubos de aço de qualidade e fabricados de acordo com as normas técnicas nacionais e internacionais, a Tubonasa é a sua melhor opção. 

Temos um catálogo variado para as mais diversas demandas, com estoque a pronta entrega, e pontualidade na entrega mais rápida do Brasil!

Aqui você também conta com suporte técnico especializado, e encontra muita facilidade no pagamento, inclusive com parcelamento BNDES.   


Compre tubos de aço de acordo com as normas de tubulação industrial: fale com a Tubonasa!

Conclusão

E então, tudo certo sobre as normas para tubos de aço carbono?

As empresas fabricantes de tubos de aço, bem como as revendedoras deste item, devem compreender a importância do cumprimento das normas técnicas, garantindo a qualidade dos tubos oferecidos ao consumidor.

Para mais dicas e informações, não deixe de acessar o blog completo da Tubonasa!


VEJA TAMBÉM!

Qual melhor material para fazer grades de janela?

Qual melhor material para fazer grades de janela?

O aumento da violência nas cidades brasileiras fez com que cada vez...

Tubo para ar comprimido: o que é, para que serve e opções

Tubo para ar comprimido: o que é, para que serve e opções

Entenda quais cuidados são necessários com a escolha de tubo para ar...

Cores de tubulação industrial: conheça a norma e os seus significados

Cores de tubulação industrial: conheça a norma e os seus significados

Segurança em primeiro lugar: explore as cores de tubulação industrial e compreenda...

Setor de tubos de aço: Audiência discute dumping e monopólio

Setor de tubos de aço: Audiência discute dumping e monopólio

A Comissão de Defesa do Consumidor promove hoje audiência pública para discutir...

FALE CONOSCO!